Au Pair na Suiça e Liechtenstein ~ O Blog das 30 Au Pairs

Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

quarta-feira, agosto 23, 2017

Au Pair na Suiça e Liechtenstein

Primeiro de tudo, não sou e nem serei au pair na Suíça e/ou Liechtenstein. Fui au Pair na Alemanha e Áustria, e em certo momento levantei a possibilidade de ser au pair, em um desses dois lugares, porque ambos falam alemão, alemão suiço mas ok. Então, como estava indecisa do que fazer, e queria continuar estudando alemão, resolvi procurar saber um pouco mais sobre o programa nesses DOIS PAÍSES (Liechtenstein faz parte da Suíça, porém é independente).




Primeiramente, como conselho pessoal: antes de decidir de uma vez por todas tentar ir para esses dois países (com exceção se tiver passaporte Europeu), pense MUITO BEM! Não são países muito abertos para imigração, e são extremamente difíceis de conseguir família/visto, falo isso porque moro na fronteira com a Suíça/Liechtenstein, que pra mim é quase como uma segunda casa.

Requisitos Suiça:

  • Idade: 18-25 anos para cidadãos não europeus, para os cidadãos europeus de 17-30 anos.
  • Tempo de permanência: 3-12 meses com a possibilidade de extensão de 12 meses para os cidadãos europeus.
  • Rotina de trabalho: 30 horas por semana, 5 dias por semana
  • Férias: 4 semana por ano no mínimo (sendo 5 semanas no mínimo para pessoas menores de 20 anos)
  • Custo da viagem: a Au Pair irá ser responsável por todo o custo da viagem, com a possibilidade de reembolso do custo depois pela família, sendo pago por partes.
  • Seguro: será pago pela família para cobrir todo o período em que estiver trabalhando
  • Ajuda de custo: 500 a 800 CHF por mês
  • Requisitos de visto: para cidadãos europeus não é necessário solicitar visto, apenas o passaporte válido. Para au pairs de outros países será necessário verificar com a agência qual processo e documentos necessários para requerer o visto.
  • É preciso já ter conhecimento comprovado na língua que irá estudar ex: alemão, francês etc.
Obs: Essas regras podem variar dependendo da região/cantão, como não é muito comum o programa para NÃO europeus, ainda não existe algo totalmente estabelecido.


Benefícios:

Um dos requisitos é que a família pague pelo seu curso de linguas, e existe uma carga horária minima que você deve cumprir. Além disso, o pocket money varia entre 500-900 CHF, isso depende se a au pair fará ou não refeições com a família. Um país MARAVILHOSO pra você viver e viajar. A Suíça é um país com 4 línguas locais, quase todo mundo fala inglês, e eu particularmente amo muito esse país éssidois, então é possível estudar alemão, francês ou italiano caso você encontre uma família em alguma dessas regiões.

Requisitos Liechtenstein:

  • Idade: 18-25 anos para cidadãos não europeus
  • Tempo de permanência: 3-12 meses com a possibilidade de extensão de 12 meses para os cidadãos europeus.
  • Rotina de trabalho: 30 horas por semana
  • Férias: 4 semana por ano no mínimo 
  • Custo da viagem: a Au Pair que irá ser responsável por todo o custo da viagem, com a possibilidade de reembolso do custo depois pela família, sendo pago por partes.
  • Seguro: será pago pela família para cobrir todo o período em que estiver trabalhando
  • Ajuda de custo: máxima de 720 CHF por mês
  • Pelo menos uma pessoa na família precisa falar alemão
  • A família paga pelo curso de alemão
mais detalhes você pode encontrar em:

aupairworld.com e selecionar o país de interesse.




Além disso, em alguns cantões (o que no Brasil seriam como estado), eles NÃO aceitam brasileiras como au pair (ex cantão de Zurique), e em alguns outros a au pair tem que pagar 900 CHF de imposto, que deverá ser devolvido no final do programa.

Desvantagens:
Sei que você ta empolgada pensando, que será uma au poor ryca e phyna com 600CHF, mas não! Não será, isso porque viver na Suíça é extremamente caro, e o pocket money nada mais é que compatível com o custo de vida do local.

O alemão suiço é muito diferente do hochdeutsch, claro que TODOS podem falar o alemão correto, mas se você mora la TERÁ que aprender falar ou pelo menos entender o alemão suiço ou de Liechtenstein.




Agências (Lembrando que a agencia NÃO te oferece famílias e apenas faz a intermediação obrigatória para a solicitação do visto):
  1.  Agência Profilia
  2.  Agência go2talk

  • Abaixo texto retirando do site: swissinfo.ch
Candidatos não europeus
As agências especializadas em alocar jovens Au Pair em famílias suíças foram surpreendidas com a decisão da nova lei dos estrangeiros, mas já começam a preparar o terreno para a chegada dos candidatos que vêm de outros continentes.


"Com a possibilidade da chegada de Au Pairs de fora da Europa, as famílias têm que estar melhor preparadas para lidar com as diferenças culturais", explica Edith Stillhart, agente da Pro Filia, no cantão de Saint Gallen.

"Este trabalho de esclarecimento leva tempo", afirma. Por esta razão, programas Au Pairincluindo estrangeiros ainda não são muito comuns na Suíça. "Os detalhes sobre as regras que vão reger os contratos entre famílias suíças e Au Pairs não europeus ainda não estão totalmente estabelecidas" explica Stillhart.

Ela acrescenta que facilita, para candidatos estrangeiros, ter pessoas conhecidas na Suíça, sejam parentes ou amigos. Mesmo que eles não pertençam à família onde o jovem vai hospedar-se como Au Pair.

"Assim temos uma referência dessas pessoas e podemos contar com esse conhecidos, caso os Au Pairs tenham que deixar a família por algum motivo e não tenham para onde ir antes de voltar ao país de origem", diz.

Por razões de segurança dos Au Pairs e das famílias, a recomendação é sempre aderir ao programa por intermédio de uma agência com experiência nesse tipo de intercâmbio, conhecida no mercado e que forneça um contrato com os direitos e deveres dos jovens e das famílias que os recebem.

A agência geralmente informa sobre os procedimentos para obtenção de vistos e faz a mediação entre a família e os Au Pairs, também durante o período na Suíça, caso seja necessário.

É extremamente difícil um (a) cidadã(o) não europeu conseguir uma família na Suíça, porém não é impossível.

Boa sorte! Até próximo dia 23.


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email