Cheguei na Holanda - Primeiras Impressões ~ O Blog das 30 Au Pairs

Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

quinta-feira, fevereiro 01, 2018

Cheguei na Holanda - Primeiras Impressões




Oi gente linda, tudo bem?

E aí, como estão as resoluções, projetos de ano novo? Já estamos em fevereiro (aaaaah), e acabei de completar duas semanas de intercâmbio, que por sinal, voaram! Acho que isso é uma prévia, um sinal de que meu ano vai voar também.

Esses últimos dias tem sido a experiência mais doida da minha vida…estou tendo dificuldades em conseguir explicar como me sinto e como vem sendo a experiência, então vou dividir em tópicos e tentar resumir (prevejo textão hahaha).

Partida:
Eu não costumo ser a pessoa mais emotiva do mundo, embarquei no carro feliz com a minha família rumo ao aeroporto. Até que chegou o momento de dizer tchau. Só de lembrar, o peito aperta. Não achei que iria ser tão difícil, não pra mim. Me despedi entre abraços e beijos dos meus pais e meus irmãos, virei as costas e entrei na sala de embarque sem olhar pra trás nem uma vez. Não conseguia. Já no avião, chorando, os únicos pensamentos que chegavam eram “meu Deus, o que eu tô fazendo?”. Acho que só ali a ficha caiu, de que eu realmente estava indo embora. Pela primeira vez, em um ano de planejamento, eu me questionei se estava fazendo a escolha certa. Mas a escolha estava feita, me restava encarar de cabeça erguida...

Chegada: 
Cheguei na Holanda no dia 18 de Janeiro, junto com a maior tempestade de vento dos últimos anos. Apesar do meu voo ter atrasado 1h em Guarulhos por causa do vento em Amsterdã, a viagem foi super tranquila e sem turbulências, e só tomei conhecimento da proporção da tempestade quando cheguei. O governo havia enviado avisos para as pessoas não saírem de casa, voos atrasados/cancelados, vídeos de pessoas sendo arrastadas pelo vento, e árvores caídas pelas estradas...baita recepção de boas vindas! Hahaha
Minha hostmom estava me esperando no aeroporto com meu kid mais novo e um cartaz com meu nome. Nesse momento senti que realmente tinha mudado de vida. Chegando em casa, encontramos o hostdad e meu kid mais velho. Amei a casa, amei meu quarto e a família não poderia ter sido mais acolhedora. Mesmo eles sendo tão receptivos, foi inevitável me sentir completamente deslocada - os primeiros dias são teste de resistência. Mas com o passar dos dias passamos a fazer parte da rotina da família e hoje já me sinto razoavelmente a vontade.

Idioma:
Conselho - estudem/treinem inglês o máximo possível antes de vir! 
A gente se vira, eu sei. Eu também estou me virando...mas sinceramente achei que seria mais fácil. Quando estava no Brasil, nas aulas de inglês eu não tinha dificuldades, fluía bem. Mas aqui, na-hora-do-vamos-ver, o bicho pega! Primeiros dias, total lost! Entendia mais ou menos, falava quase zero. Dia após dia o ouvido vai acostumando, já entendo uns 95% do que escuto, mas falar tá sendo uma dificuldade grande. Não só falar por falar, mas conseguir me expressar, ser eu mesma. As palavras não vem, as frases são simples... Conversei com meus hosts a respeito, e eles são super compreensíveis, me disseram que isso melhora com o tempo. As kids me ajudam, me corrigem, então aos pouquinhos a coisa anda! Mas me arrependo de não ter estudado um pouquinho mais! Lembrando que aqui o idioma oficial é o Holandês, então Google Tradutor é meu melhor amigo em supermercados, estação de trem, lojas e afins! Em casa, quando estou presente a família procura falar inglês, mas sempre rolam uns diálogos em holandês. Inevitável e compreensível.

Clima:
Acho que dei sorte, ou cheguei em uma época boa. Quase não tem chovido e quando chove não dura muito. Por ser inverno, as 17h já é noite e de manhã é um perrengue sair da cama no escurinho. Sobre o frio, sou suspeita...amo o frio! Já cheguei e comprei um bom casaco aqui, agora só saio com ele (dica: deixem pra comprar aqui, mesmo).

A Holanda:
Cheguei numa quinta-feira e no final de semana já fui bater perna por aí. Já visitei algumas cidades nessas duas semanas e simplesmente amando cada lugar. Eu curto uma paisagem “cinzenta” (mas mal posso esperar pelo colorido das flores da primavera) e lugares com cara de “old”. As pessoas são gentis, educadas e solícitas. In love pela Holanda! Esperando ansiosamente por cada final de semana para desbravar um pouco mais.

Bikes:
É oooutra vida você andar de bicicleta em um lugar onde os carros são obrigados a parar pra você passar! Ao menos na minha cidade (no Brasil)  se você não cuidar, algum carro te leva…
Nos primeiros dias passei umas vergonhas, mas agora já aprendi a andar no lado direito da ciclovia, a dar sinal para entrar à esquerda ou direita, a parar no semáforo de bikes, a memorizar onde estacionei a bike no meio de um milhão de outras bikes. E principalmente aprendi que a bike aqui é sim um meio de transporte, e não interessa se está caindo o maior toró lá fora, a vida segue, você simplesmente se agasalha e sai. Você gostando ou não, mais cedo ou mais tarde vai ter que aprender a usar. É uma boa ideia ir treinando enquanto está no Brasil (eu fiz). Mas tô achando bem mais fácil do que imaginei que seria. Acredito que pela organização do trânsito e estradas. Tanto com a minha bike normal quanto com a Bakfiets, aquela bike de levar e buscar as crianças (essa requer mais prática porque é enorme - mas tudo se aprende).
Ps.: menos em Amsterdã...lá não me arrisquei ainda não, meio loucura!

Ai, eu queria contar mais coisas, sobre a Host Family, meu schedule, sobre a comida aqui, sobre viajar pra outros países (já tenho minha first trip), sobre amizades de Au Pair, saudades da família, sobre perrengues (porque em duas semanas já tenho uma coleção, claro!) etc...mas deixarei para os próximos posts, já que esse se estendeu. Vou tomando notas e contando aos pouquinhos, ok?

Para concluir, quero dizer que apesar de tantas dúvidas, incertezas e principalmente tantos medos que eu tive pré-embarque, eu fiz sim a escolha certa. Em cada um desses 15 dias eu aprendi coisas novas, superei desafios e me senti super feliz com cada pequena conquista. E é isso que faz a experiencia valer a pena, não é?

Vejo vocês em breve, no próximo dia 01…

Beijos beijos!
Share the love!
Dai ❤

Instagram: daianitobaldini
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email