Suporte da LCC durante o rematch ~ O Blog das 30 Au Pairs

Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

sábado, julho 21, 2018

Suporte da LCC durante o rematch

Olá!

No final de maio eu entrei em rematch! Faltando apenas 5 meses para o final do meu segundo ano (como já explicado no post anterior), o “suporte” da minha LCC foi o que fez a diferença em fechar o novo match.

Bom, para começar a explicar, minha LCC tinha tido uma au pair de extensão um pouco antes de eu me mudar para o meu segundo ano e a experiência dela não foi boa. Segundo ela, a au pair sempre que podia, voltava para visitar a antiga família e não deu oportunidade para se encaixar na família atual.

Logo que eu cheguei ela me falou sobre isso, já que ela sabia da minha boa relação com a minha família do primeiro ano.

Eu fui visitá-los duas vezes enquanto estava nessa  atual família, e a primeira vez que eu fui (depois de quase 3 meses) gerou problemas. 

A minha hosta afirmava que eu deveria saber que agora minha responsabilidade era com a família dela e que não queria que a minha primeira família interferisse (o que eu achei ridículo, já que a minha relação com eles não tinha nada a ver com a relação que eu tinha com os outros e vice-versa). Comentei com a LCC e ela ficou do lado da minha atual família.

A família que eu estava não era boa, eles não eram nenhum pouco receptivos e acolhedores e mesmo que eu tentasse, não tinha química entre nós.

Enfim demos o rematch, e a minha LCC antes mesmo de ouvir o meu lado, já veio julgando que: “garotas em extensão não são boas por isso!”.

Na cabeça dela todas as meninas de extensão não se dão bem com a família nova, pois estão ligadas às famílias anteriores, o que na minha opinião não faz sentido, já que se a sua host family nova for boa também, por mais que você tenha uma relação com a anterior, isso não vai afetar em nada.

Em todo caso, a LCC só queria jogar na minha cara que fui visitá-los, que sempre ligava para eles e não dei valor a host family nova, que sempre tentou ser ótima pra mim (bullshit).

Eu tive que ficar na casa da LCC durante esse processo, e ela estava literalmente CAGANDO para mim. Havia uma outra au pair em rematch na casa dela e a diferença de tratamento era visível! 

Image result for posso ajudar

Ela não se propôs a ajudar em nenhum momento como LCC, não perguntou como eu estava me sentindo ou nada do que eu imaginei que uma LCC (nosso suporte nesse mundão de au pair) deveria fazer.

Eu como trouxiane que sou, sempre ajudava a au pair da LCC com as crianças dela, ia junto buscar na escola e brincava com eles, já que não tinha nada para fazer o dia inteiro. 

Então, depois de uma semana sem nada muito promissor quanto à match, com e-mail de AupairCare pedindo que eu comprasse a passagem de volta e o desespero batendo na minha porta, a LCC percebeu o que eu estava fazendo com os filhos dela, como eu ajudava sem ela nem ter pedido, como eles gostavam de mim (iam no meu quarto pedir pra brincar), e resolveu ajudar! 

Mudou da água para o vinho! Ligou para todas LCCs que ela conhecia, mandou e-mails, conversou com famílias. E então nós últimos minutos do segundo tempo eu tive meu match!

Devo dizer que esse empurrãozinho que ela deu no final foi o que me ajudou, por que o fluxo estava terrível! 

Mas não vou dizer que foi um bom suporte no geral! Para mim, ela deveria olhar a situação num todo e não tomar partido pela experiência que ela viveu. 

Au pairs são diferentes, famílias são diferentes. Meu match não teve nada a ver com a questão de eu gostar da minha primeira família, e ainda assim era só o que ela via! 

Rematch é um momento muito delicado e estressante para a au pair, como eu disse no post anterior, não desejo para ninguém! Então a LCC deveria sim dar o suporte adequado! 

Espero que vocês tenham mais  sorte com a LCC de vocês!
Beijo,
Paula Moro
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email