Como aprender francês sendo tímido e sem muito dinheiro ~ O Blog das 30 Au Pairs

Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

terça-feira, novembro 20, 2018

Como aprender francês sendo tímido e sem muito dinheiro


Coucou, les filles!

No mês passado, a gente conversou como era ser au pair na França sem falar francês e todo o processo de aprendizado da língua.

Como vocês deram um bom feedback do primeiro texto, resolvi esse mês dar dicas de como estudar, considerando as 4 competências principais no aprendizado de uma língua estrangeira - compreensão e produção escrita e oral. 



As dicas servem pra todo mundo, mas vou me ater mais a quem, como eu, é tímida e tem pouco dinheiro pra investir nisso agora.

Compreensão Escrita

Vamos começar do mais óbvio. Para melhorar esta competência, você deve ler, mas tudo que a gente coloca como obrigação fica chato e o intuito de se aprender uma língua é a imersão, você precisa viver a língua. Siga páginas de notícias, humor ou sobre algum assunto que você goste na língua que está aprendendo. Se você já é au pair, faz cadastro na biblioteca da sua cidade e tenta pegar livros com certa frequência. Eu comecei na seção infantil, depois comecei a ler quadrinhos para adultos e depois vai pegando livros mais densos. O importante é o hábito de ler naquela língua. Quando eu me dei conta, não precisava ficar traduzindo o que estava lendo!

Compreensão Oral


Aqui seu melhor amigo vai ser os aplicativos e sites de streaming (onde dá pra assistir filmes e séries). Numa escala pessoal, eu comecei assistindo animação (que eu amo) com legenda em francês, depois tirei a legenda, passei pra série em francês com legenda em francês e hoje assisto filmes em francês nos cinemas na França, que claramente não vai ter legenda. Sendo sincera, eu não entendo 100% do que é dito, mas um dia eu chego lá. Ah, assistir a TV local ajuda muito!


Muita gente indica ouvir música, mas eu tenho algumas ressalvas quanto a isto. A primeira é que você não vai entender muita coisa e pode se frustrar com isso, eu ainda não entendo algo quando é cantado, quando assisti uma animação musical em francês, eu quase chorei de desgosto (mentira) por não estar entendendo o que eles cantavam, mas isso é normal. Música é legal pra você realmente fazer esta imersão, você está lavando os pratos e ouvindo música em francês, mesmo que não prestando atenção, isso vai estar te ajudando. O que eu gostei de fazer foi criar uma playlist no YouTube com algumas músicas francesas que eu gosto com a letra da música, aí eu vou escutando e lendo, às vezes arrisco a cantar (isso ajuda na pronúncia!), mas não fique triste se achar muito difícil de entender!

Produção Escrita


Como vocês sabem desde a alfabetização, a leitura facilita a escrita, mas como tudo no aprendizado da língua é a imersão, você pode optar por fazer coisas do dia-a-dia em francês. Vai escrever um lembrete? Faz em francês. Vai fazer uma lista de compras ou do que tem pra fazer? Lembra do francês. Claro que redação ajuda, mas a ideia não é separara 2h pro francês, é incluir a língua no seu cotidiano, pra que o aprendizado seja o mais prático e natural possível. Tá assistindo o jornal e alguma coisa te chamou atenção? Pega um pedaço de papel e uma caneta e escreve o que você acha, ou até fala em voz alta sozinha que nem doida, que vai ajudar muito na tua produção oral, que é o próximo ponto.


Produção Oral
Chegou a hora do vilão de todos os tímidos e também a parte que considero mais complicada de treinar sozinho. Falar é a mistura de quase todas as competências anteriores, você precisa entender o que o outro fala (compreensão oral), ter o vocabulário e a gramática pra responder e ainda se preocupar com a pronúncia e entonação. Como treinar isso sem passar tanta vergonha? A boa notícia é que tem como treinar sozinha, a má é que você terá que falar com as pessoas de toda forma um dia e você "passará vergonha" sim, porque não é seu idioma e os erros são naturais, mas você está aprendendo para conseguir se comunicar. 

Para te ajudar, eu vou dar algumas dicas que me ajudam também. A primeira é a mais conhecida que é falar sozinha, tem que ser realmente FALAR, não murmurar. Leia pequenos livros ou textos em voz alta, se puder gravar pra escutar depois, melhor. CANTE! Comece por músicas mais fáceis, até mesmo infantis, e acabe cantando os raps franceses. A última dica pra este ponto é talvez um pouco controvérsia, mas vocês conhecetm a ferramenta do WhatsApp/Facebook em que você fala (como gravar um áudio) e a mensagem é escrita de acordo com o que você disse. Meu celular é em francês, então ele reconhece as palavras que falo em francês. Se você pronunciar uma palavra e ele escrever outra, talvez sua pronúncia praquela palavra não esteja boa. Esta ferramenta é mais eficaz pra palavras isoladas, frases inteiras eu não aconselho. Por exemplo, quando eu falo "requin", ele reconhece às vezes como "croquant" e é realmente uma palavra que eu tenho dificuldade e que franceses já disseram que soa como "croquant".


Então, se vocês ficaram interessadas nas dicas ou querem tirar alguma dúvida dos métodos que descrevi, deixa um comentário ou pode me mandar inbox no insta, respondo todo mundo!

À bientôt,
@marinasanri
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email