Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

18 fevereiro 2019

05 Sinais de que você está tirando de letra ser uma Au Pair "'viajada"'

Vamos falar sobre os 5 sinais de que você está se tornando uma Au Pair mochileira exemplar?


Oi, pessoal! Meu nome é Leticia Nogueira e o post de hoje será sobre as primeiras mudanças comportamentais que notamos em nós mesmos durante o nosso intercâmbio como Au Pair.


1- Você começa a conhecer pessoas do mundo inteiro e sente a necessidade de pesquisar mais sobre a cultura desses lugares. Sem perceber, está buscando no Google coisas como: "10 curiosidades sobre os vietnamitas" ;

2- Você naturalmente se interessa por história. Se você não gostava antes, agora vai sentir vontade de entender o que aconteceu nesse chão que você está pisando ou nessa igreja, nesse monumento, nesse bairro...

3- Os filmes estrangeiros vão te encher de emoção quando você assistir a algum que se passa num lugar que você já visitou. Essa foi uma das melhores sensações que eu tive;

4 - O tempo vira uma coisa muito relativa e o espaço muito conveniente. Explico: talvez você gastaria mais tempo brigando com alguém se estivesse na sua vida normal, no seu país. Mas fora da casinha, você sabe que tem que aproveitar o máximo possível dessa experiência (que provavelmente deve ter um prazo de validade, se você é intercambista). Perder esse tempo brigando, é bobagem. Já o espaço... bom, milhas e milhas de distância te separam do seu eu passado, dos erros já cometidos, das dívidas, dos arrependimentos. Longe de casa, tu tem a chance de ser uma nova pessoa. E você é! Nosso paladar muda, nossa forma de se vestir, nosso jeito de falar e digitar. Principalmente quando você fala muito em inglês ou em qualquer outro idioma;

5- McDonald's é uma peste. Mas, te salva na maioria das vezes por ser barato e 'seguro' em qualquer parte do mundo. Big Mac é Big Mac sempre.

Mas, importante: não existe melhor ou pior entre o que você deixou pra trás e o país que você chama de lar agora. O Brasil é maravilhoso e o mundo é a maior possibilidade! Repito: não existe melhor ou pior. Existe o diferente. E aprender a lidar e respeitar o novo, torna essa experiência longe de casa muito mais gostosa e leve.






Share:
Leticia Nogueira

Um comentário:

Follow by Email