Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

20 julho 2020

Aventuras na Big Apple

Oi gente! 
Meu nome é Giovanna, tenho 20 anos e fui Au Pair por 11 meses em Connecticut/Nova York durante 2019 e 2020 pré coronavirus. Sou a mais nova colaboradora daqui do blog e estou super contente em poder compartilhar um pouquinho da minha trajetória e aventuras na Big Apple! 

Atualmente já estou de volta no Brasil, tentando levar uma vida normal (xô corona) e cursando a faculdade que sempre quis: Relações Internacionais. Desde muito cedo sempre travei inúmeras discussões com meus pais (na época super protetores) que, além de ser rica e trabalhar de social, um dia iria morar fora. Não sabia muita coisa quando nem onde, não tinha nenhum conhecimento de outro idioma mas tinha certeza que iria ser pra valer e EU VERIA NEVE.  

Com essa ideia, sempre assistia filmes e gostaria de fazer o ensino médio no exterior. Porém após pesquisar valores e quase cair pra trás, descobri o programa de Au Pair com meus 14/15 anos e vim me preparando desde então. No meio desse caminho, em 2017 tive a oportunidade de realizar um curto intercâmbio de estudos no Canadá (assunto pra outro post) e finalmente consegui sair do inglês básicão. Amei tanto a experiência que voltei doida já querendo fechar com uma agência pra ser Au Pair o mais rápido possível e poder vivenciar um ano completo no exterior. 

Apesar dos esforços, era muito nova, ainda precisava de CNH e horas realmente comprovadas com crianças. Respirei fundo e prometi que 2019 seria meu ano e teria que me preparar muito bem. Foi aí que fiz algumas aulas de inglês, curso de comissária de voo (caso desse errado ou muito certo a ideia de Au Pair, já teria uma profissão mais fácil), tirei a CNH e em setembro de 2018 estava pronta para dar o primeiro passo e fechar com agência! 

De primeira, busquei a agencia que fiz meu intercambio anteriormente (IE Intercambios no  Exterior) e fiquei online por eles. Em 2018 eles representavam a Au Pair Care, com rumores que trocariam para outra empresa, mas não sei se fato isso aconteceu. Foram semanas sendo iludida que a familia certa viria, até que resolvi me arriscar e ficar online pela Cultural Care também no final de novembro. ISSO MESMO, ONLINE EM DUAS AGÊNCIAS

Após 103 famílias no total, meu tão sonhado Match aconteceu na Cultural Care em Fevereiro de 2019 e eu tinha a certeza de ter encontrado a família perfeita! Embarquei no final de abril (meu plano inicial era ter embarcado em Janeiro), junto com mais de 30 meninas rumo à New York e tive uma experiência repleta de reviravoltas que me ajudaram demais no processo de amadurecimento! Durante meus 11 meses de Au Pair, tive dois rematches e na ultima família acabei tendo a vinda antecipada para o Brasil devido a COVID-19. 

Estarei escrevendo todo dia 20 sobre várias coisas que aconteceram no meu tempo de Au Pair, como que fica a vida após o intercâmbio e retornar ao Brasil, viagens e qualquer outro assunto que vocês tiverem mais curiosidade em saber. 

Espero que vocês tenham conseguido me conhecer um pouquinho.
Nos vemos nos próximos posts!  
Share:
Giovanna Chaves
Ex Au Pair em Connecticut (EUA)

2 comentários:

  1. Oi Gi, nossa qta coisa, online em 2 agencias, 103 familias e ainda teve dois rematches e nao ficou nem os 12 meses!! Mto curiosa para saber mais!

    ResponderExcluir
  2. Já estou curiosa pra saber como anda sua vida no Brasil, e como foram os perrengues do rematch kkkkkkkk

    ResponderExcluir

Follow by Email