Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

02 agosto 2020

A Sonhadora que virou Au Pair

Olá, meu nome é Tamara, mas pode me chamar de Thamy, mas também pode me chamar de "A Sonhadora" ...  isso mesmo (hahaha), porque eu sou mesmo uma pessoa cheia de sonhos, e também porque foi através do meu sonho de ser Au Pair que eu comecei a escrever meu blog pessoal chamado "A Sonhadora". Levei esse sonhou a diante e hoje, depois de exatos dois anos em Nova Iorque, termino minha experiência como Au Pair! Quer saber como foi que esse sonho terminou? Vou contar agora mesmo! Bem vindos ao meu primeiro post no famoso O Blog das 30 Au Pairs!
Sonhando na Disney - Magic Kingdom
Como tudo começou: 
Era uma vez esta menina sonhadora que com 15 anos que sonhava em ser bailarina e viajar o mundo todo! Meu sonho era poder vir pros EUA pra trabalhar como bailarina em uma boa companhia/time profissional de Dança e eu também sonhava em poder viajar ao redor do mundo, quase como uma "volta ao mundo em 80 dias" hahaha! Vim de família de classe média e nosso dinheiro nos proporcionava casa, comida e o necessário para viver e em algumas vezes passamos por muito aperto, então é claro que eu nunca iria poder viajar pra fora do país! 
Meu eu de 15 anos tinha acabado se mudar de cidade e estava revoltada com a escola e frustrada pelo Brasil ser um país de oportunidades difíceis, além disso eu sonhava em poder estudar fora! Obviamente meus pais nunca puderam me pagar um intercambio High School e eu logo descobri que não seria tão fácil assim ir para os EUA, então comecei a procurar outras formas de realizar meu sonho, foi aí que encontrei informações na internet, no site de uma agência de intercâmbio, sobre o intercâmbio de Au Pair.  
Naquela época (2011 mais ou menos) o Au Pair não era tão divulgado assim e é claro que na primeira vez que eu li achei que fosse golpe pra levar meninas pra Turquia como escravas sexuais! Hahaha! Comecei a pesquisar mais sobre isso e achei muuuuuiiitos blogs de meninas que eram ou estavam se preparando para ser Au Pair e ao contrário de agora que temos muitos videos no Youtube e muitas contas de Au Pair no Instagram, a algum tempo atrás as futuras Au Pairs escreviam blogs para se ajudar e compartilhar as informações, e foi lendo esses blogs que eu não só aprendi mais sobre o programa como também fiz amizades com essas meninas, como a Gisella do famoso Blog da Gisella, que virou uma das minhas melhores amigas e acabou me ajudando muito no meu processo de Au Pair. E de tanto ler blogs, como eu já amava ler e escrever, resolvi iniciar meu próprio blog e relatar todos os meus sonhos (incluindo o de Au Pair) como se fosse um diário. 
Bailarinando pelos EUA - Washington DC
Meu processo de Au Pair:
Como eu conheci o Au pair cedo, com 15 anos , eu logo consegui convencer meus pais a me matricular na aula de Inglês (por que aprender inglês nunca é gasto e sim um investimento!) e estudei por cerca de 3 anos (parte disso eu mesma que paguei com meu salário na época de faculdade depois que comecei a trabalhar), e eu desde cedo fui assistente das minhas professoras de Ballet nas turmas de ballet infantil e por volta dos 16 anos eu comecei a dar aulas de Ballet pra crianças em uma escola particular na cidade em que eu morava e com isso de quebra eu trabalhava com Dança, ganhava experiência com kids e ganhava uma graninha. O dinheiro eu guardava quase tudo pra poder fazer meu intercambio de Au pair no futuro!
Já que eu havia passado no vestibular eu decidi fazer o Au Pair depois da faculdade e nesse meio tempo eu continuei dando aulas de Ballet pra crianças, fiz também voluntariado em uma ONG que trabalhava com crianças carentes e fui auxiliar de catequista na minha igreja por 3 anos. Eu também continuei estudando Inglês e guardando o máximo de dinheiro que eu podia! 
Foi então que no fim de 2018 eu me formei Bacharel e Licenciada em Dança pela Faculdade de Artes do Paraná e FINALMENTE pude me inscrever na agência. Escolhi a Cultural Care e estava já online quando a minha amiga de blog, a Gisella, que já havia sido Au Pair e resolveu ficar como estudante nos EUA me indicou uma família confiável que estava procurando uma nova Au Pair. Ela estava trabalhando em NY como nanny e por isso conhecia a ex Au Pair dessa família, que falou muito bem deles pra ela. E então depois de mais ou menos 1 mês eu fechei match com essa família de Chappaqua, New York. 
Times Square NYC
Meus dois anos como Au Pair:
Chappaqua fica a cerca de 1 hora de trem de NYC - New York City - e eu cuidei de 3 kids (12yo girl, 10yo boy, 4yo girl - idades de quando eu cheguei). A familia de uma forma geral foi boa, mas é claro que eu tive vários problemas com eles pois afinal não existe host family perfeita. E foi pela localização que eu decidi estender com eles por mais 9 meses (que acabou sendo 1 ano devido à pandemia do coronavirus). 
Tenho um caso de amor por NYC! Essa cidade, que agora é a minha favorita no mundo todo, foi palco de muitos episódios nesses meus 2 anos de Au Pair! Eu amei morar perto dela, pois além de poder conhecer todos os pontos turísticos que eu só via em filmes, pude também estudar Dança no Broadway Dance Center a escola de Dança mais famosa do mundo! E minha experiência como Au Pair foi assim entre idas e vindas à NYC! Eu pude viajar muito pelos EUA, conheci a Disney, estudei inglês e por isso consegui ficar fluente na língua, juntei uma graninha e vivi momentos mágicos que eu jamais imaginaria viver! 
Olhando pra trás eu percebo o quanto valeu a pena cada minuto de sacrifício que eu passei pra poder realizar esse sonho! Desde perrengues no Brasil antes de vir quanto perrengues nos EUA envolvendo a host family, pois afinal foi por meio desses sacrifícios que eu consegui realizar meu sonho, e não só isso mas pude aprender MUITO! Afinal o Au Pair é um intercâmbio de profundo aprendizado! A maior lição que eu aprendi no Au Pair com a minha host family (aprendi do jeito ruim!) foi a ajudar aos outros e a fazer o bem sem exigir algo em troca, e sim simplesmente por querer ser uma pessoa boa! Também aprendi que o respeito é uma das coisas mais importantes, e a ausência do respeito pode ser notada até nos pequenos detalhes! No fim essa experiência me fez crescer muito enquanto ser humano e eu espero que, já que esse é um intercâmbio cultural, que a minha host family tenha aprendido algo valioso comigo também! 
Liberty Island NY
O fim ou o começo?
Ao fim dos 2 anos de Au Pair resolvi voltar pro Brasil, primeiro devido a Pandemia que estamos vivendo e depois porque eu sinto que essa experiência foi muito boa pro meu desenvolvimento pessoal e já está na hora de partir pro meu próximo passo, ou melhor, pro meu próximo sonho! E agora vamos ver pra onde esse próximo sonho vai me levar! Pra ler mais sobre a minha experiência venha conferir meus posts no dia 2 de cada mês! 
A todas as ex, atuais e futuras Au Pairs eu espero que vocês tenham realizado seus sonhos e que possam viver ou ter vivido tantas coisas incríveis assim como eu vivi nos meus dois anos como Au Pair! E nunca se esqueçam: independente do que acontecer nunca parem de sonhar!
Beijinhos!
Share:
Thamy Costa
Ex Au Pair em New York (EUA)

Um comentário:

  1. Thamy! Vc é, sem dúvidas, a Sonhadora mais persistente q existe! A sua história é tão inspiradora que dá para se encher de orgulho sem ao menos te conhecer... E, eu tive não só o privilégio de te conhecer, mas o de poder ter me tornado sua amiga! Agradeço a Deus pelos nossos Blogs terem se cruzados (há mais de 8 anos!) e fico muito feliz por ser sido parte desse seu sonho, obrigada por me mencionar, fico até emocionada na verdade pq vc é para mim, uma grande inspiração, de pessoa talentosa, positiva, batalhadora e claro, sonhadora! Nunca me identifiquei tanto com alguém:) Vc vai ter muuuita história legal para contar aqui, com certeza, esse Blog ficou ainda mais especial tendo vc como parte dos autores! Miss you already, vc tem a cara de NY amiga #volta Bjinhos:*

    ResponderExcluir

Follow by Email