Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

10 setembro 2020

Homesick na Quarentena

Olá pessoal, vocês devem ter ouvido muit@s Aupairs falando sobre Homesick. Mas o que é essa tal de “Homesick”? Homesick significa saudades de casa, da nossa pátria, ou até uma possível nostalgia. 
Todo mundo sabe que a Homesick é a coisa mais normal no nosso mundo de Aupair, afinal, estamos longe de quem amamos e convivendo com pessoas de culturas diferentes, que geralmente não tem o mesmo grau de afeto que nós brasileiros temos, e que normalmente não entende o que a gente passa, afinal nós que escolhemos vir, porque iríamos nos sentir assim, Certo? 
Então, as vezes, a Homesick bate nos primeiros meses, as vezes nos últimos meses, as vezes só aparece em datas comemorativas, mas as vezes aparecem quando a gente menos espera. Estamos no meio de uma pandemia, e se a Homesick já era algo difícil de lidar, na Pandemia a impressão que eu tenho e que percebo d@s outr@s Aupairs, é que essa sensação de saudades de casa fica ainda maior. Para quem não sabe, a maioria d@s Aupairs está tendo que conviver 24 horas por dia (24/7) com a Host Family e isso acaba afetando muito a nossa relação com eles, claro que tem casos e casos, mas geralmente essa homesick deixa a gente muito mais suscetível aos nossos sentimentos e acabamos nos expondo mais que o normal. Enfim, o que eu quero dizer com isso? Acredito que hoje eu vim mais fazer um desabafo e mostrar um outro lado do intercâmbio, um lado um pouco mais complicado, que sempre acontece, mas que na situação em que estamos hoje, está ainda mais difícil. E não só pra quem é Aupair, ou pra quem é intercambista, mas para as pessoas do mundo todo. Então, quando alguém reclamar que está difícil, tente não menosprezar a dor do outro. Estamos no Setembro Amarelo, onde todo mundo posta nas redes sociais sobre a depressão, mas será que sabemos lidar com os sentimentos dos outros? Será que temos responsabilidade afetiva? Ou será que só a nossa dor importa? Eu sempre fui muito independente, amo minha família, mas nunca fui de ligar, ou mandar mensagem toda hora, mas essa pandemia me gerou uma saudade, uma vontade muito maior de estar com meus familiares, com os  meus amigos, saudades da minha antiga vida. Eu não me arrependo de vir, sei que escolhi o certo, mas mudei demais e hoje eu acho que consigo entender mais sobre os sentimentos dos outros, acho que todos nós temos problemas, todos temos nossas homesickness e não precisamos estar em outro país pra isso, e está tudo bem. É super normal, e se você que está lendo esse texto aleatório no nosso blog e está chateada por ter o seu visto adiado, ou por ter que esperar para vir, ou por não poder fazer suas viagens, ou porque está "perdendo" tempo de intercâmbio ou porque atrapalhou a sua jornada para começar o Aupair, saiba que é normal ficar triste, é normal estar chateada, é normal ter homesick, nós não somos máquinas, nós temos sentimentos, defeitos, vontades e  desejos diferentes. E está tudo bem! Se você acha que precisa se abrir com alguém. se abra. Se você acha que deve chorar, chore. Se você aprendeu algo novo na quarentena, ótimo, se não aprendeu, está tudo bem também, cada um tem um jeito diferente de lidar com essa situação. Eu acredito que tudo que a gente passa nessa vida é aprendizado, e eu acho que aprendi a tentar compreender mais o outro, e isso tem me ajudado a passar por esse período difícil. Hoje, eu vim compartilhar esse meu sentimento com vocês, porque talvez possa ajudar outras pessoas. E se alguém aqui quiser conversar, pode se sentir super a vontade de me chamar, ficaria super feliz em ajudar nem que seja apenas ouvindo vocês, sei que quando começamos a entrar nesse mundo de Aupair, muitas pessoas não entendem, e só quem vive, viveu ou viverá pode talvez tentar entender o que estamos sentindo.
Xoxo ♥♥♥

 

Share:
Leonara Gonçalves
Au Pair de Trigêmeos na Califórnia

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email