Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

27 setembro 2020

Uma outra visão sobre Au pair.


Au pairs são pessoas que gostariam de transformar ou mudar a vida de alguma forma, mas, normalmente, não sabe como fazer isso. Ouve falar do programa e pensa: Essa é minha chance.

Antes de entrar no assunto, gostaria de dizer que não há nada de errado em querer ter uma vida diferente das outras pessoas. Se você quer apenas se casar e ter filhos, faça! Se você quer se formar e trabalhar na sua área construindo uma carreira, faça! Não importa qual seja o seu objetivo, se você quer algo, levante e faça acontecer. Todos nós temos nossos sonhos e ambições e não há nada de errado ou frustrante em ser quem você quer ser.

Porém, meu foco hoje é você que já viveu, vive ou quer viver um intercâmbio cultural.

Não falo por todas as Au Pairs, mas falo por mim, nos meus dois anos de Intercambio eu me transformei. Eu não digo que mudei, minha essência é a mesma, meus conceitos são os mesmos, mas, a minha visão de mundo mudou, me descobri, me tornei a pessoa que sou hoje.

Nessa jornada eu perdi muitos amigos, sim, perdi! Não somos inimigos, mas a vida nos levou a lugares muito diferentes, e, quem perdeu contato comigo durante esse período, simplesmente, não me conhece mais. Eu não sou mais quem eu costumava ser. Eu cresci, eu evolui.

Fiz muitos amigos novos. Alguns vão ficar para a vida toda, outros com o tempo serão memórias de muitos altos e baixos vividos juntos, não sei quem fica ou quem vai, mas, como sabemos, o tempo nos dirá quando o momento chegar.

Durante o intercâmbio conhecemos tantas culturas, pessoas de tantos países diferentes. A gente aprende a respeitar a forma do outro de pensar com mais carinho, porque a gente sabe que a realidade de todos nós é completamente diferente. A segunda língua, na minha opinião, não é o que mais de valioso aprendemos, aprendemos a enxergar o outro com mais empatia e isso e maravilhoso. Fazemos planos sobre se conseguiremos visitar alguma dessas pessoas de outros países após o programa, de repente o mundo se torna pequeno.

Ser Au Pair é ter outra família. Antes do programa eu, por exemplo, precisava de uma grana extra e experiência com criança, uma au pair que estava no mesmo grupo de Minas que eu, a Maria, me indicou no buffet infantil onde ela fazia freelance. Eles me chamaram, quando eu fui a Maria não tinha ido, e eles diziam: Você que é a amiga da Maria? Eu nunca nem tinha visto a Maria, mas ela confiou em me indicar como amiga, porque eu era aspirante a au pair. Cheguei nos EUA, não conseguia dirigir, sem nem me conhecer o Felipe veio na minha casa algumas vezes me ajudar com a direção, somos au pairs, um segura a mão do outro.

Au pairs que na sua cidade natal talvez tinham dificuldades de sair de casa para ir à padaria comprar pão, dirigem 30 minutos ou até outra cidade para buscar o/a au pair que está sem carro ou não dirige. Parceria! A gente sabe que quando marcamos um passeio tem a chance de ter outro au pair ou amigo de um au pair, que provavelmente não domina o inglês e não fale português, a gente se comunica quase que com mimica, mas no fim dá tudo certo.

A gente tem grupos nas redes sociais onde tiramos dúvidas uns dos outros de forma gratuita, temos todo tipo de ajuda, desde consertar uma foto que tu amou com photoshop, vaquinhas para alguma mana passando perrengue, e conselhos e ajudas sobre como lidar com situações difíceis que passamos na nossa trajetória, fora os memes e piadas. A gente protege umas às outras, muitas uma au pairs que tiveram um rematch e não tiveram onde ficar foram acolhidas por outras aus pairs que nem as conheciam. Muito possivelmente au pairs vão fazer road trips com au pairs que não conhecem e dormirão na casa um do outro.

Ser Au pair é aprender que qualquer rolê é um rolê! Vamos na Festa? Vamos. Vamos ao Shoping? Vamos. Vamos jogar Uno? Vamos. Vamos sair para dirigir e cantar Musica no Carro? Vamos. Ver o por do sol? Acampar? Noite de pijamas? Igreja? Vamos! E a gente se diverte até nos mínimos detalhes. Podem haver algumas tretas, mas no fim a gente se resolve e se diverte.

Ser Au Pair é estar rodeado de estranhos e, na maior parte das vezes, amar sair e conhecer gente nova, mas também aprendemos apreciar o tempo sozinho que passamos no quarto assistindo nossa serie ou tirando aquela soneca.

É saber que em algum momento vai ser o ombro para chorar de uma au pair que acabou por terminar um relacionamento da qual zelava muito no seu país de origem, ou ser a pessoa que talvez precise desse ombro. Ser Au Pair também é comemorar quando seus amigos encontram o par dos sonhos por aqui, e desejar poder estar aqui para ser testemunhar essa felicidade. É ver pessoas se casando por amor, nem todo mundo quer apenas um green card, a maioria das vezes era amor verdadeiro.

Ser Au Pair é muito mais que trabalhar cerca de 45 horas por semana, muito mais que perrengues, que cuidar de criança, mais que viajar e comprar coisas, mais que reclamar que teve um dia difícil.

Ser Au Pair é descobrir que você pode sonhar e realizar, é admitir que ainda que não teve a melhor das experiências você cresceu e desenvolveu. É saber que se você quiser algo, sim, você pode conquistar isso. Talvez não seja a experiência que você gostaria de ter tido, mas você sabe que se chegou aqui e pode chegar em qualquer outro lugar.

Por fim, Ser Au pair é descobrir que o mundo não é tão grande, pelo contrário, o mundo pode se tornar bem pequeno aos olhos de quem não tem limites para sonhar.


 

 

 

Share:
Francislane Magalhães

4 comentários:

  1. Isso aí Francislane vc relata sentimentos lutas conquistas tristezas e alegrias assim e a vida são 2 caminhos qual devemos escolher? Você escolheu o caminho árduo mas que no fim te trouxe uma alegria extrema repleta com tal felicidade pois vc cresceu e venceu uma etapa de sua trajetória Deus te abençoe Estou feliz por você e muito orgulhosa de vc.��������❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  2. É muito bom ver o quanto está grata por toda sua trajetória com o intercâmbio Fran... abraços:)

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Paulo! Em breve você estará conquistando seus objetivos também!

    ResponderExcluir

Follow by Email