Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

29 outubro 2020

O Match com a Família


Olá people.

Continuando...

Demorou um pouco para meu perfil ficar online. Referente à alguns dos papéis que comentei no primeiro post pra serem entregues na agência...

Bom, precisei de referências que já tinha cuidado de crianças antes (contou como minha experiência). Tenho uma irmã 18 anos mais nova (que não contaria como experiência). Mas tenho uma titia com 3 kids na época todas under  12, mais umas amigas com filhos e pronto, esta aí minha experiência comprovada! Thanks galera por me ajudar. Por isso repito, hoje em dia existem várias formas de fazer um intercâmbio, PESQUISEM.

Tive no final um total de 7 famílias no meu profile. Elas escrevem um pouco a respeito deles, rotina, as crianças, o local onde moram, um pouco de tudo, como seria sua rotina com eles. Make sure de pesquisar também o lugar antes de ir. Lembro da primeira carta, era uma famélia de Washington DC, na carta a mãe especificava bastante da higiene das crianças (acho que ela já estava prevendo 😪) e dizia que a rotina era "desinfetar" as crianças toda hora. O match é você e a família. Às vezes, você pode pensar que aquela família é seu match, mas eles optam por outra. Enfim, eis que surge, uma outra de 4 👌 (0,2,5,7), e eles moram em no estado de Illinois, subúrbio de Chicago. Vai eu pesquisar a respeito, misericoooooordia, que lugar frio é esse, e ainda NEVA,⛄ tô fora! Quero ir pra praia...

 Papo vai, papo vem, trocamos mensagens, falei que não curtia o frio, mas estaria aberta pra conversa. Tentamos fazer skype, conversamos pelo telefone (eu e a Host mom – a mãe das crianças). Foi mais ou menos, mas trocamos bastante ideias por e-mails. 

Uns 2 dias depois tinha uma brasileira ligando pra mim, que foi au pair no mesmo bairro que eles. A família com quem ela trabalhou, foi quem indicou o programa Au Pair pra a minha Host Mom. Conversei com ela, falamos a respeito do local, bairro, cidade. Pensei, realmente a (futura) host estava querendo o Match. Quase 1 ano de todo processo, e a minha idade já estava passando do limite (pra agência), pensava que seria só por 1 ano, falar meu inglês e voltar. Então decidi a sorte com eles.

Fechamos, entramos no processo de Match, todo processo concluído, agora preciso tirar o visto J1 (Visto de Au Pair). Eis que chega o dia do exame, estavam todos felizes, minha família, alguns colegas (sim, não são todos os amigos que torcem pro seu sucesso, cuidado). E outros fazendo listas de presente pro que ia trazer haha. (até hoje acontece). Não lembro muito bem o tanto de dinheiro que eu tinha, pensei que ia ser a "ryca" quando chegasse nos Estados Unidos. E o principal, nem pensei ou pesquisei a respeito do visto.

Chegou o dia da prova do visto, quase não fui... De última hora quis desistir. Foi difícil ir até São Paulo (eu estava em São Sebastião) e estava no enterro do meu avô. Ele estava tão animado com minha partida, ele contava toda hora pros vizinhos e colegas, que a neta  ia pros Estados Unidos estudar, que eu ia ser muito feliz morando fora. Tenho minha família que torce por mim, e me levaram pra entrevista.  A prova foi oral e em English, great!

Meu rosto estava super inchado, não queria estar ali, já era difícil eu falar inglês com a professora me ajudando, imagina ali, com alguém que nunca vi, fazendo um monte de perguntas do como: "o que eu faria se o bebê se engasgasse, ou se fraturar um osso?". Foi muito tenso, mas a mulher olhou pra mim e disse; você sabe que você não respondeu nada em inglês (respondi tudo em português). Mas, você vai ter seu visto, e aproveite sua oportunidade and Good Luck. Então, meu inglês foi esse quando eu cheguei aqui, entendia aquele básico de uma conversation. Mas temia em responder errado e não respondia. É válido você ter pelo menos um básico antes de viajar, vai ajudar a passar menos perrengues.

Rosto inchado, pernas bambas, dor de barriga e agora com o visto. Hora de arrumar as malas, tentar lhe dar com um mix de emoções. Minha viagem estava marcado pro 1 de Abril. Falei e teve gente que não acreditou! Um coisa eu digo, planeje, façaa acontecer, depois anuncie, infelizmente não são todos que torcem pelo nosso sucesso.

I See you guys soon  ...

Share:
Aline Teodoro

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email