Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

18 novembro 2020

Expectativa VS Realidade

 Quem aqui esperava por boas notícias? Pois é, eu também rs. Mas o rumo das coisas mudaram um pouco desde o último post, peguem a cadeira, um snack e sentem, porque lá vem história.

Como comentei, eu fechei meu match com uma família incrível da Carolina do Norte, e por muito tempo eu fazia skypes semanais com a au pair e meu kid, até para ele se acostumar comigo. Em agosto acabou o 2º ano da au pair da minha família e ela votou pra casa, o pai da minha hosta mora relativamente perto dela, e ele foi designado para ajudar com os cuidados do meu kid até eu conseguir viajar. 

A Cultural Care informou a minha família que eles poderiam se encaixar na categoria 2 de quem estava solicitando o visto emergencial, foi uma alegria e tanto saber que eu poderia viajar esse ano ainda, conversamos com a CC para entender melhor todo o processo emergencial, e em seguida eu entrei em um grupo com futuras au pairs maravilhosas que estavam tentando também a exceção.

Com a animação a flor da pele, lá vem o balde de água fria. Minha família precisou cancelar o nosso match, com tudo isso acontecendo os pais do meu hosto decidiram mudar para perto deles, então automaticamente ajudar na criação do meu kid, descartando a necessidade de uma nova au pair.

Eu fiquei bem chateada com a situação mas sempre desejei o melhor para o meu kid, e tenho certeza que conviver com os avós é uma oportunidade que nem toda criança tem, eu tive, e sei o quão especial foi e fico feliz por ele ter também. Fizemos um skype de despedida e minha hosta me mandou um "small gift" (nessa hora eu agradeci pelo dólar estar tão alto rs). Minha hosta se ofereceu para escrever um post de recomendação em um grupo que estamos de au pair e host family no Facebook, e é claro que eu aceitei.

Após o post no grupo do Facebook  algumas famílias entraram em contato comigo e com a minha hosta querendo conversar comigo. Eu demorei um pouco para ficar online pela CC novamente, mas quando fiquei me conectei com algumas famílias e fizemos alguns skypes. Minha hosta maravilhosa conversou com a LCC dela e comentou sobre a vontade de eu arrumar uma família na Carolina do Norte, para eu continuar a ter contato com eles, a LCC entrou em contato comigo, nós conversamos e ela me disse que arrumaria algumas famílias de acordo com o meu perfil.

Ainda estou no processo de conversar com as famílias, o fluxo está baixo por causa de tudo o que está acontecendo, mas eu tenho fé que em janeiro estou viajando para o EUA. Minha família de Raleigh continua conversando comigo e me ajudando com as famílias no nosso grupo de WhatsApp, sempre que eu comento que estou conversando com uma família nova da Carolina do Norte ou não, eles ficam animados e fazem de tudo para me ajudar a escolher uma boa família.

Eu tive muitas expectativas esse ano. Muitas expectativas altas e olhando para o hoje, a realidade é diferente, eu sinto como se eu tivesse passado por dois rematches ou como se eu estivesse começando o meu processo agora. Mas acredito que nada acontece por acaso e que tudo isso tem um propósito.

O importante nisso tudo foi que eu tive meu 1º match com uma família incrível que eu tenho contato pelas redes sociais hoje em dia, meu 2º match com uma família que se tornou meus amigos e tenho certeza que meu 3º match vai ser bom também. Espero no próximo post já ter encontrado a minha família e voltar com  notícias positivas. 

Continuem torcendo por mim.




Share:
Bruna Leite
Futura Au Pair

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email