Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

17 dezembro 2020

De Dublin para Galway: como achei minha primeira familia


Olá leitores. Hoje vou contar um pouco sobre como encontrei minha primeira família na Irlanda.

Para quem acompanhou o ultimo post, após chegar na Irlanda conheci meu atual namorado, porém, após 3 meses que estávamos juntos, fui trabalhar como au pair e tive que mudar de cidade.

Comecei procurando famílias online nos sites aupairireland.ie e aupairworld.com. Esses foram os que mais usei, mas tem vários outros como o mindme.ie e aupair.com.

Criei meu perfil nos dois primeiros sites que descrevi ai em cima e depois de 3 dias cadastrada, comecei a receber várias mensagens de famílias que estavam precisando de babás.

Falei com várias famílias que tinham diferentes números de filhos, de vários lugares da Irlanda e vários salários diferentes.

Como minha prioridade era aprender o inglês, eu não me importei com salário e quantidade de criança. Após uma semana de procura, recebi mensagem de um pai (aqui na Irlanda é muito comum os pais fazerem a entrevista no lugar da mãe, mas é sempre bom ficar ligada, pois muitos homens nesses websites vão te procurar para oferecer dinheiro com prostituição, sim, eu recebi propostas de homens em sites de babás, mas isso será assunto para outro post).

Trocamos algumas mensagens e marcamos a entrevista para 2 dias depois que começamos a conversar. Como a entrevista seria com ele, levei um amigo junto para ter certeza de que não era cilada rsrsrs. (mas logo percebi que não era cilada quando perguntei se poderia levar meu namorado na entrevista, e o pai concordou).

Dia marcado, nos encontramos em um café no centro da cidade e tivemos um bate papo bem legal. Na época meu inglês era praticamente zero, mas o pai foi super compreensivo pq eu entendia tudo, só não conseguia me comunicar muito bem.

Na entrevista ele me falou um pouco sobre as crianças, sobre a rotina da au pair e sobre o que ele e a esposa faziam. Ele era investigador da imigração 👀 e a esposa era da policia, sim isso mesmo que vcs leram rsrsrsrs, pensar em ficar ilegal não poderia nem passar pela minha cabeça naquele momento 😂😂😂.

Após a conversa, ele disse que tinha gostado de mim e que iria passar o contato da ex aupair para que eu pudesse tirar duvidas em português com ela, já que ela era brasileira, disse que entraria em contato para eu conhecer a mãe e as crianças. No dia seguinte, recebi uma msg na qual ele queria que eu fosse naquele fim de semana conhecer o restante da família.

Como combinado, em um sábado à tarde, peguei um ônibus em Dublin com destino região de Galway, super ansiosa para conhecer a tão sonhada família.

Chegando na rodoviária da cidade, ele me buscou e me levou para a casa dele. Ao chegar lá, me apaixonei pela menina mais nova e senti que aquela seria minha família.

Após conhecer todos, pai, mãe e 3 crianças (2 meninas e 1 menino com idades de 6, 7 e 9 respectivamente), acordamos que eu poderia iniciar na semana seguinte.

Então ao voltar para Dublin, avisei meu namorado que estava morando comigo há um mês, que eu estaria de mudança para Galway. Para ele foi um choque, já que ele tinha acabado de mudar para minha casa, mas ele foi compreensivo e me apoiou demais.

Uma dica que quero deixar hoje é, cuidado com os sites de buscas para au pair, muito deles tem famílias perigos e abusadores, no meu caso, dei sorte e graças a Deus, minha família foi excepcional. Foi amor a primeira vista.

Bom, por hoje é isso, fiquem ligados nos próximos posts onde irei contar um pouquinho da minha rotina com minha primeira família e contar tb pq resolvi abandoná-los depois de 6 meses trabalhando com eles.

 

Bjinhos e nos vemos nos próximos posts.

XOXO 👄

Share:
Fabiana Andrade
Ex Au Pair em Galway e Dublin (Irlanda)

2 comentários:

  1. Oi Fabi, que legal está sendo aprender sobre como é diferente o "processo" de ser Au Pair na Irlanda e que sorte você teve de ter conseguido essa família e ainda, o apoio do boy.. ansiosa para saber o que aconteceu depois! Bj

    ResponderExcluir
  2. Aiiii que legal que vc acompanha. Fico feliz de saber que vc gostou.
    Obrigada por estar aqui, fique ligadinha que tem muita coisa para falar dessa historia.

    XOXO
    Fabi

    ResponderExcluir

Follow by Email