Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

07 dezembro 2020

O que não te falam sobre o Au Pair!

Olá menines! Tudo bom? 
Hoje vim falar sobre as coisas que não te falam, ou que você não leva em consideração até chegar aqui e lidar com determinadas situações. Todas nós sabemos que o Aupair inclui trabalho, troca cultural e viagens. Porém, é claro que o que nos deixa mais felizes é poder ter a oportunidade de explorar e conhecer o nosso lugar de destino. Ir para festas, fazer novos amigos, tatuagens e viver coisas novas e entre outras vantagens desse intercâmbio. Tenho certeza que para isso, você nem precisa se preparar!
 Entretanto, existem algumas coisinhas das quais você deve estar preparado pois podem e provavelmente, vão acontecer com você! Veja abaixo algumas das coisas não tão agradáveis que você pode precisar lidar.

Lidar com fraldas sujas, bagunças, doenças e entre outras coisas
Crianças podem ser desagradáveis às vezes, vamos encarar o fato! Quer seja a fralda suja de uma criança, um quarto bagunçado e sujo de um teenager. Apenas se prepare para as adversidades que podem surgir durante seu expediente como AuPair.

Leis da convivência
Ainda que você esteja em uma das melhores host family do universo, depois de um longo dia você só irá querer ir para o seu quarto e não falar com ninguém. Como uma Au pair,  muitas vezes você terá que interagir, ter pequenas conversas com a host family só para fazer aquela "social". E isto pode ser cansativo algumas vezes! 

Despertar cedo mesmo em dias de folga
Quem não gosta de um dia de folga? Poder finalmente dormir e ter o seu tão merecido descanso. Errado! A probabilidade de você ser acordada ao ouvir crianças chorando, brigando ou até mesmo brincando, é grande! Gostaria de saber de onde é que elas obtêm tamanha energia para se levantarem tão cedo.

Pedir permissão para certas coisas
De repente é como se de novo tivesse 15 anos. Não é a sua casa, por isso tem de pedir permissão para receber amigos ou mesmo para usar o carro. Você provavelmente passará por isso pelo menos nos primeiros meses. 

O seu inglês será criticado 
Não importa quão bom seja o seu inglês, as crianças ou alguém na rua, encontrarão sempre uma desculpa para comentar sobre seu sotaque/gramática/vocabulário.  E tá tudo bem. Não se sinta mal por isso nunca!

A tal da homesick
Não adianta fugir, a danada vai te achar! Seja cedo, tarde ou em qualquer momento, ela vai bater. Estamos longe do nosso lar e da nossa família. Depois de um dia difícil, podemos sentir (além da famosa homesick) dúvidas e começarmos a nos questionar do porquê é que estamos fazendo isso. Quando isso acontecer sempre existem as chamadas de videos, e os amigos para ajudar a passar por isso. Porém, você vai aprender que em certos dias foram feitos para permitir-se sentir saudade. 

Não ter ideia do que fazer depois do Au Pair
Antes de vir para cá, o plano é chegar aqui e viver essa experiência. Mas depois que ela acaba, é preciso ter novos planos. E muitos de nós, não temos absolutamente nenhuma pista do que queremos fazer no futuro. Ser uma au pair é seguro. Ter alojamento, comida e um ambiente agradável geram conforto e comodismo. Mas o que acontece depois da nossa estadia chegar ao fim? Devemos ficar? devemos ir para casa? Ir para outro destino? São inúmeras as questões para nosso coração cheio de raízes e para nossa alma de cigana.


Estes e muitos outros dilemas farão parte do seu ano. E cada uma dessas coisas vão te transformar, amadurecer e fortalecer. Nem sempre é fácil, mas sempre vale a pena! 

E aí, tá preparada(o)?! 


Share:
Bruna
Au Pair em Boston (EUA)

Um comentário:

  1. Oi Bruna, esse é o típico post que TODA futura Au Pair PRECISA ler, essas dicas são todas muito valiosas!

    ResponderExcluir

Follow by Email