Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

27 janeiro 2021

Do fim ao recomeço.

 Olá galera, estão todos bem? Espero que sim!

Hoje eu vim aqui contar para vocês como foram meus últimos dias nos EUA como Au Pair e como foi a minha volta para casa.

Sem mais demora, os últimos dias em Nova York foram muito difícies para mim, chorei muito. Eu sabia que eu devia voltar para casa, como disse antes, eu não sentia que minha vida estava lá, porém eu estava meio confusa e tentei aproveitar ao máximo. Saí para longas horas dirigindo, passei um tempo com os amigos que lá deixei, fui aos meus lugares favoritos, fui comer nos meus restaurantes preferidos, tentei aproveitar ao máximo!


Mas, vocês acham que eu não tive perrengues? Claro que eu tive, vou contar um deles para vocês.

Eu havia comprado um jogo de mala em uma target que ficava há uns 30 minutos dirigindo da minha casa, mas não precisei da mala e fui devolver, a minha amiga Dani estava na minha casa me ajudando a fazer as malas e foi comigo até a dita loja.

Chegando lá, saímos do carro e devolvemos a mala, voltando para o carro ele não ligava, simplesmente não ligava! Liguei para meu host dad e avisei sobre o problema, ele me mandou continuar tentando ligar pois o carro estava com aquele problema há algum tempo. Pois bem, o carro começou a cheirar queimado! Eu e a Dani liguamos para o guincho que demorou cerca de 2 horas para chegar lá! O filho mais velho da minha host family foi buscar a gente e, no fim, tudo ficou bem! Mas, não queiram imaginar a preocupação, ódio e desespero que sentimos naquele momento! E aquela foi a única vez, na minha última semana lá, que precisei de um guincho nos EUA. Se vocês algum dia passarem por isso só mantenham a calma que vai dar tudo certo.

Em fim, malas prontas, chegou o dia de voltar para casa. Minha host family já estava acostumada com despedidas, eu chorei muitoooooo, a Dani foi me dar tchau, chorei também, foram muitas lágrimas, mas aqui estou eu, no Brasil.

Confesso a vocês que a princípio não foi difícil! Cheguei, vi alguns amigos, estou morando sozinha agora está mais fácil receber os amigos. Viajei para o interior de Minas e da Bahia para visitar minha família, não curti muitos passeios por conta da pandemia, mas vi meus famíliares e poucos amigos, foi muito bom reencontrar minha família, especialmente a minha avó, vocês sabem que a questão da família é a que mais pesa quando decidimos ser Au pair ou simplesmente sair do país.

Bom, voltei para BH e aqui estou eu! Agora que a ficha está caindo um pouco, sabe?! No momento estou desempregada, enviando currículos, (orando para conseguir um trabalho logo), e sim, tudo aqui no Brasil está muito caro, mas acho que ainda é cedo para dizer a vocês se me arrependo ou não, embora o arrependimento não me levaria de volta também, então me resta terminar o curso de Direito, trabalhar e ver o que o futuro me reserva, sempre mantendo na cabeça que não sou uma árvore, não estou plantada e imóvel, se as coisas não funcionarem aqui posso me levantar e ir para outro lugar tentar de novo.

No mais, estou bem, estou feliz, e espero que esse caminho que estou trilhando agora me traga boas surpresas.

Nós traçamos nosso próprio caminho atravéz das nossas escolhas.

Se precisarem de alguma informação, estou à disposição. 

Beijos e abraços!

                                    

Share:
Francislane Magalhães

Um comentário:

  1. Oie Fran, nossa despedidas não são fáceis, mas imagino a alegria q foi o seu reencontro com seus familiares! Logo vc consegue um emprego e as coisas de acertam viu e conta como foi com o choque cultural ao contrário, vc passou por ele? Bjs

    ResponderExcluir