Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

02 fevereiro 2021

Esporte também é cultura, e cultura faz parte do Au Pair

Um pouquinho sobre os esportes nos EUA

Oi pessoal, tudo bem?

Fevereiro é um mês muito interessante pra quem está nos EUA. Primeiro que, pelo fato de ser inverno, é a época em que os au pairs podem aproveitar pra ir esquiar ou patinar no gelo, uma experiência bem legal pro seu ano de intercâmbio. Depois que, nesse mês, as crianças geralmente tem cerca de uma semana de "férias" na escola, o "Midwinter Recess", e se você tiver sorte, como eu tive nos meus dois anos de au pair, a sua host family pode te dar essa semana de férias também. Mas acho que a coisa mais interessante que sempre acontece em fevereiro nos EUA é o Super Bowl, o maior evento esportivo do país! Super Bowl é nada mais que o nome dado ao jogo final do campeonato da Liga Nacional de Futebol Americano, a conhecida NFL - National Football League. E não importa se você gosta de esportes ou não, se você é au pair nos EUA, tenho certeza que vai ouvir falar disso em fevereiro! Aliás, pode ser que você ouça falar em esportes durante o seu ano todo de intercâmbio! Afinal, não é segredo pra ninguém que os americanos não só amam como valorizam muito os esportes! E assim sendo, é claro que os esportes estarão super embutidos na cultura americana, e sendo o au pair um intercâmbio cultural, nada melhor que aproveitar a onda e se jogar de cabeça nesse universo esportivo!

Metlife Stadium - situado em East Rutherford, New Jersey, e que,
pela proximidade com New York, é a casa dos times
New York Jets e New York Giants.

Lembro que, logo na minha primeira semana como au pair, o host dad tinha um jogo de softball, que é um esporte muito parecido com baseball. Eu, a host mom e a host kid mais nova fomos assistir, e ela acabou me contando que todo verão o host dad se reunia com um grupo de amigos e formava um time para jogar. Depois acabei descobrindo que nos EUA é bem comum terem pequenas ligas amadoras de vários esportes em cada cidade. Eles realizam como se fossem pequenos campeonatos amadores, em que amigos e/ou moradores da cidade se juntam e formam times, e aí os times jogam entre si. Existem as ligas de baseball, softball, kickball, basketball e etc. e se paga uma pequena quantia para jogar, que é rachada entre todos. Eles geralmente escolhem um capitão, que se torna o responsável por organizar o time, e tem até uniforme e tudo, mas para os adultos geralmente não tem treinos, eles apenas vão direto ao jogos, o objetivo mesmo é se divertir jogando! 

Assistindo aos Yankees em setembro de 2019.


Já para as crianças é um pouco diferente. Os pais se juntam e formam um time para as crianças, e aí eles escolhem um lugar em que seja possível treinar. Os treinos de baseball do meu host kid eram sempre em um parque público em que tinham vários campos de baseball. Apesar de público, eles precisavam pagar uma pequena taxa para a prefeitura, então os pais se reuniam e rachavam essa quantia. E aí o treinador - ou coach, como se fala em inglês - era geralmente escolhido entre os pais das crianças. No meu segundo ano de au pair o meu host dad mesmo foi escolhido para ser o coach do time de baseball dos meninos e de soccer das meninas! 

Até aí já deu pra perceber o quanto envolvida em esportes a sua host family pode ser, certo? Como au pair, parte do meu trabalho era dirigir as kids para as atividades esportivas. O host kid menino, que quando eu cheguei tinha 10 anos, amava baseball, mas fazia também soccer e tennis, e além do campeonato amador, ele fazia aulas particulares de baseball e era sempre eu quem o levava e buscava. A host kid mais nova, que tinha 4 anos, amava soccer, o que pra mim, como boa brasileira, dava até orgulho! Ah, deixa eu fazer um parênteses e explicar que o termo soccer é o equivalente ao nosso futebol do Brasil, já a palavra football no inglês só é usada pra se referir ao futebol americano, por isso tome cuidado quando usar esses termos com um falante nativo do inglês pra não causar confusão!

Yankee Stadium - situado no Bronx, em New York.
É casa do famoso time de baseball New York Yankees.


A minha host family amava baseball, principalmente a avó materna! E como bons novaiorquinos eles eram doidos pelo time dos Yankees, um dos maiores times de baseball dos EUA. Assistiam a quase todos os jogos da temporada e, por morarem bem perto do estádio dos Yankees, foram várias vezes assistir aos jogos lá mesmo! Infelizmente não me convidaram pra ir junto em nenhuma das vezes! O que não foi um problema pra mim! Resolvi por conta própria assistir à um jogo de baseball e um de football das ligas oficiais, já que os estádios eram bem perto de mim. Assistir à pelo menos um jogo num estádio é uma experiência que muitos au pairs gostam de vivenciar - e que não sai tão caro! Mas se você não puder ir à jogos das ligas oficiais pela distância por exemplo, procure em alguma universidade ou High School próximo de você, eles também tem campeonatos de vários esportes e podem ser tão legais quanto os jogos da liga nacional, provavelmente não tão profissionais, mas vão com certeza ser uma boa experiência.

Que tal fazer uma boquinha enquanto assiste ao jogo?


Mas aí você pode me perguntar: "ô Thamy, mas eu não entendo nada de baseball ou futebol americano, vou ir assistir pra quê? Vale a pena mesmo assim?" Olha, disso eu posso falar pela minha experiência: eu não sabia nada de baseball quando fui assistir - pra falar a verdade ainda não sei - mas de futebol americano eu sabia o suficiente pra entender o que estava rolando durante o jogo. E consegui me divertir e aproveitar a experiência em ambos! Isso porque a experiência toda de ir ao estádio, passar pelo Hall da Fama que sempre tem nos saguões de estádios, comprar comida típica de estádio e etc. faz parte da experiência também, não se resume apenas à assistir e entender o jogo! Ah, e também se você decidir ir com amigos pode ser que algum deles saiba um pouco e aí pode explicar o que sabe  para os outros e assim vai! Outra coisa interessante dos jogos de futebol americano é que a maioria dos times tem também uma equipe de cheerleaders - animadores de torcida - coisa que só estamos acostumados a ver em filmes, então se você gosta de dança ou assim como eu já foi cheerleader no Brasil - sim, tem cheerleaders no Brasil, assim como também temos futebol americano!- isso também vai fazer parte da experiência de ir ao jogo!



Eu não tenho conhecimento de Au pairs que tenham jogado algo durante seu ano no programa, mas se você gosta e/ou joga algum esporte no Brasil, pode conversar com sua LCC ou com a host family e procurar na sua cidade um time pra jogar. Quem sabe você não decide aprender baseball ou futebol americano? Por falar nisso, pra quem não sabe eu fui cheerleader de um time de futebol americano no Brasil - o Coritiba Crocodiles - e também sou formada em Dança, e por isso quando vim aos EUA não quis deixar meu gosto por cheerleading e pela dança de lado, e resolvi participar de uma audição pra ser cheerleader do New York Jets, um grande time da NFL lá de Nova Iorque onde eu morava. Foi uma experiência surreal. E fico orgulhosa mesmo em dizer que dentre mais de 200 pessoas que fizeram a audição, eu estive entre as 50 finalistas! Eu estive tão perto de ter sido uma cheerleader da NFL, mas infelizmente não fui contratada, talvez pelo fato de que ser cheerleader é um emprego, se ganha salário e tudo, e au pairs como todos sabem não podem trabalhar sem ser para a host family. Independentemente do motivo que os levaram a não me contratar, eu amei a experiência e trouxe esse aprendizado comigo pro Brasil. Foi uma super imersão na cultura americana, havia apenas eu de brasileira e eu tive que me preparar bastante pra participar. Estou citando isso nesse post porque meu objetivo é contar, a partir da minha experiência, como os esportes, a cultura americana e o intercâmbio au pair se relacionam de alguma forma, e sendo o objetivo desse intercâmbio ser uma verdadeira imersão cultural, os esportes vão estar presentes. 

Essa ali no meio sou eu, com o número 197, em março de 2019 durante audição para a equipe de cheerleaders dos Jets, conhecidas como The NY Jets Flight Crew Cheerleaders.


Pra finalizar, se você está nos EUA ou no Brasil e se sentiu inspirado pelo meu post a mergulhar nos esportes americanos, que tal começar assistindo ao Super Bowl LV nesse domingo dia 7 de fevereiro? Esse ano a edição número 55 do Super Bowl vai acontecer na cidade de Tampa, na Flórida, às 6:30pm - ou 20:30 no horário de Brasília - e será entre os times Tampa Bay Buccaneers, time em que joga o famoso jogador Tom Brady, marido da modelo brasileira Gisele Bundchen, e o time Kansas City Chiefs, que venceu o Super Bowl do ano passado. 

Ou ainda, se você se interessou em saber mais sobre cheerleading e futebol americano no Brasil, acesse os links abaixo and have fun! 

Esse foi o post de hoje, se você quiser saber mais detalhes sobre a minha ida aos jogos, ou se quiser bater um papo sobre esses esportes pode deixar um comentário aqui embaixo! 

Beijinhos! 

Link pra página da Confederação Brasileira de Futebol Americano: https://cbfabrasil.com.br/

Link pra página da Confederação Brasileira de Cheerleading e Dança: https://cbcd.esp.br/

Link pro site Oficial da NFL:https://www.nfl.com/

Link pro site oficial da MLB: https://www.mlb.com/

Share:
Thamy Costa
Ex Au Pair em New York (EUA)

2 comentários:

  1. Oi Thamy, olha, na minha opinião, este foi o MELHOR post desse blog até hoje! Gente, quanta informação original, bem diferente do que escutamos sempre de Au Pairs, amei mesmo! E que ORGULHO da minha Ballet Teacher (the Best ever!), por ter não só participado, mas avançado para as fases finais da audição de cheerleaders do time de NY! Com certeza você só não foi escolhida pela questão burocrática do visto e com certeza, eles ficaram chateadíssimos por terem que "let you go".. Mas cara, você é a ÚNICA Au Pair que passou por essa experiência e deve mesmo se sentir especial:) Assistiremos ao Super Bowl este Sunday (mesmo ainda não entendendo direito o football rs) Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gi,
    Awwwnn obrigada! Que comment mais fofo amiga! Você que é a best student ever! *---*
    Me esforço bastante nos posts pro blog! Fico feliz que vc gostou!
    Então, até hoje eu nunca conheci nenhum au pair que se tornou cheerleader ou bailarino ou passou por algum processo de audição ou algo assim! Seria legal ter alguém pra bater um papo sobre isso, mas infelizmente nunca ouvi falar de ninguém!:(
    Oba aproveita o Super Bowl!
    Beijinhos! :D

    ResponderExcluir