Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

03 março 2021

Minha host mom não vai muito com a minha cara e agora?

Como diz o ditado: nem Jesus agradou a todo mundo não é mesmo? Kkk pois é, vamos lá. 

No primeiro dia do meu primeiro ano de Au pair eu já percebi que a minha host mom me tratava como se eu fosse apenas uma brasileira ignorante (como quando eu fui lavar um copo na pia pra pegar água da geladeira e ela tirou o copo da minha mão achando que eu ia tomar água da torneira num copo sujo kk). Eu relevei, mas com o passar do tempo eu fui vendo que ela não ia muito com a minha cara. 


Eu tinha uma relação muito boa com o meu host dad. Ele amava ouvir as minhas histórias do Brasil, porque ele achava que tudo parecia uma novela haha. Enquanto isso ela achava tudo um absurdo e não gostava de conversar comigo a não ser sobre as crianças. Tanto que uma vez eu pedi a opinião dela sobre um assunto pessoal só pra puxar conversa e ela foi super grossa dizendo que não sabia tudo (ela é advogada e eu perguntei sobre algo relacionado a isso). A partir de então passei a não puxar mais assunto com ela - o que era difícil, porque o host Dad viajava bastante (o que eu detestava) - então na maior parte do tempo éramos só nós duas e eu sentia falta de conversar com outro adulto.


As crianças eram uns amores mas tinham muita energia e acabavam com a minha kkk. Eu sempre inventava alguma coisa pra ajudar com que eles se comportassem, e a mãe deles não gostava muito dos meus métodos. Então ela sempre estava me reprimindo sobre como eu devia lidar com eles. Era difícil eu fazer alguma coisa que agradasse ela. Tanto que ela estourou comigo quando eu dei pras crianças um starburst (que é uma bala pequenininha) por eles terem arrumado o quarto sozinhos. 


Eu sei que foi um ano difícil e o único jeito de eu me sentir melhor sobre a situação foi tratar ela simplesmente como uma chefe. Eu tinha que lidar com ela durante minhas horas de trabalho, fora isso eu a evitava. Assim se acabou o ano e eu fui morar com uma família totalmente diferente (o que vai ser o assunto do meu próximo post :)). E eu ainda tinha minhas crianças e o host dad que me faziam sentir em um pouco em casa (mesmo as crianças me deixando louca kk)


Uma coisa que me deixa chateada é que toda Au pair depois de mim aparece nos stories do Instagram dela com legendas que me deixam com um ciúmiezinho mas tá tudo bem kkk.


Nem sempre a gente se dá bem com todo mundo, o importante é fazer o nosso trabalho e achar os detalhes que nos ajudam a continuar ;) 

Share:
Lana Priscila

Um comentário:

  1. Oi Lana, puxa que difícil que deve ter sido com uma host que não te incluiu como parte da família, te tratou como apenas a babá:/ Pelo menos você gostava das kids e conseguiu levar o ano até o final:) Ansiosa para ver como foi sua relação com os hosts da 2ª family!

    ResponderExcluir

Follow by Email