Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

26 março 2021

Partiu Suíça - LAVAUX + MONTREUX

 Voooooooooooltamos para continuar o rolê pela Suíça francesa e depois de conhecer um pouco do Cantão de Vaud e a sua capital, vamos em direção ao "interior" para conhecer o que há por trás dessas montanhas.
Saindo de Lausanne e indo ao leste pela costa do lago leman, você pode fazer uma parada em Cully e fazer um passeio de trenzinho entre as plantações de uva da região e degustar alguns vinhos que são produzidos aqui. A cidadezinha além de ser muito fofa e manter um ar de idade média, fica de frente pro lago e muita gente aproveita o sol na orla para fazer stand up. 
As paisagens são incríveis e vale muuuuuito a pena visitar. Caso a parada em Cully não seja possível, não faz mal, porque para ir até Montreux (nossa próxima parada) você pode passar de carro pela rodovia e ver, mesmo que não seja de tão perto, um dos meus lugares preferidos: LAVAUX
Essas vinícolas são patrimônio da UNESCO e o vinho é algo tão importante da região que existe uma festa para celebrar a colheita da uva.
Na cidade de Vevey (bem ao lado de Montreux), a Fête des Vignerons (um festival que acontece uma vez a cada VINTE ANOS) afeta a rotina dos moradores locais que recebe em média 20x mais pessoas que a quantidade da sua população. 




Durante o caminho todo até Montreux, temos a vista do lado esquerdo dos morros cobertos de verde, e do lado direito uma paisagem com mil tons de azul: lago, céu e montanhas francesas. A próxima cidade é conhecida pelo Festival de Jazz. Todo mundo espera o verão para aproveitar esse evento, e é inaceeeeitavel não ir a pelo menos um dia. Além das festas, das comidas típicas e da oportunidade de fazer vários melhores amigos de um dia, a cidade de Montreux, por si só já vale a pena a visita. Lá podemos encontrar também o Queen Studio, que para os fãs, tem que ser parada obrigatória, e é de graçaaaa. O local realmente pertenceu a banda que fez gravações entre 1978 a 1995 e o museu foi inaugurado em 2013 pelo membro da banda Brian May. Ao lado, ainda encontramos um Casino para quem gosta de jogos de azar ou apenas para quem tem curiosidade e quer se sentir em Las Vegas. Dêem uma olhada no site: Queen Studio Experience (mercuryphoenixtrust.com) 


  




E para terminar o tour pela borda leste do lago, o Château Chillon é um dos castelos da Suíça mais conhecidos em todo o mundo, além de ser o monumento suíço mais visitado e um dos mais bem preservados da Europa. Como no Brasil nós não tivemos idade média, um dos meus passeios favoritos é me aventurar através da história que esse país preserva e me imaginar dentro dos livros. É uma sensação única que só vindo para o velho mundo, a gente pode sentir. Mais informações, acessem o site: Visite | Château Chillon


Para finalizar a segunda parte do Cantão de Vaud, depois de sair do Castelo, vamos subir um pouco já em direção ao norte do país para visitar o Parc naturel régional Gruyère Pays-d'Enhaut Parc naturel régional Gruyère Pays-d'Enhaut - Accueil (gruyerepaysdenhaut.ch que está localizado na Suíça francófona, abrangendo os Pré-Alpes de Friburgo e Vaud. Sabe a imagem clichê da suíça com chalés em mandeira, montanhas e vaquinhas? Pois bem, lá você vai encontrar tudo isso, principalmente porque devido à agricultura voltada principalmente para a produção de leite, a região é uma grande produtora de queijos, com destaque para Gruyère AOP, Gruyère d'alpage AOP, Gruyère AOP orgânico, Vacherin Fribourgeois AOP, L'Etivaz AOP e Vaudoise tomme. O rebanho bovino do parque produz 26 milhões de quilos de leite por ano. Aproveitar o local para fazer uma caminhada e escalar as montanhas ou um esporte ao ar livre é a melhor maneira (e mais suíça, já que os habitantes amam fazer coisas que proporcionam um contato mais íntimo com a natureza) de aproveitar esse lugar e esquecer os problemas do mundo. Durante a visita, ainda podemos encontrar vários lagos para se refrescar do calor exorbitante que faz no verão. 



Terminando mais uma visita pelo meu Cantão amado, no próximo mês a gente termina de conhecê-lo (ufaaaa) porque ele é realmente bem grande, e já parte para Fribourg/Freiburg. Primeiro cantão bilíngue que eu vou mostrar e que sempre trava a minha cabeça quando eu atravesso a fronteira imaginária entre a Suíça Francesa e a Suíça Alemã. Espero que vocês estejam gostando de conhecer um pouco mais sobre o meu novo país. 
Um beijo enorme e até próximo dia 26.



Share:
Lorena Egyed
Au Pair na Suiça

Um comentário:

  1. Oi Lo, ah você vai ter que ao final do "Partiu Suíça" juntar tudo e fazer um e-book e pode até vender que eu compro um, imprimo e deixo guardado aqui para quando pudermos começar a viajar de novo:) Bjs

    ResponderExcluir

Follow by Email