Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

30 abril 2021

Segredo para Conseguir o Visto J-1 de Au Pair

Visto de Au Pair NEGADO, e Agora?

Eu sou a Gisella e este é mais um post do dia 30 e o meu 5º post aqui do Blog das 30 Au Pairs! Se você ainda não conferiu os meus posts anteriores, os links estão lá no fim do post:)

Infelizmente, o meu Visto J-1 não foi aprovado na primeira tentativa e neste post, eu vou te contar o que eu fiz de diferente para o ter conseguido na segunda vez!

O visto é a única etapa que foge do nosso controle e até do controle da agência, já que quem decide ou não conceder o seu visto, é o cônsul que te entrevista. Mas, têm sim algumas coisinhas que você pode fazer para aumentar as suas chances:

Se atente ao preencher o formulário DS-160
Eu fiz um tutorial na época que tirei o meu visto para o Au Pair, porém naquele tempo existia um boato de que deveríamos colocar na sessão de informações da viagem que quem está pagando pela nossa viagem são os nossos pais, as pessoas com maior renda na casa em que moramos e eu coloquei na primeira tentativa que era eu quem estava pagando (porque era a verdade), mas isso com certeza somou para que o meu visto fosse negado, já que o meu salário era bem baixo. Então, na segunda tentativa, eu coloquei que era a minha mãe... Mas, hoje, trabalhando em agência, eu sugiro que você coloque que quem está pagando pela sua viagem é uma companhia/organização e que a relação deles com você é de "sponsor".
Outro ponto importante desse formulário é a sessão de estudo/trabalho onde você fala sobre sua formação e sua ocupação. Na minha primeira tentativa, eu coloquei a verdade, que eu havia feito duas faculdades e uma pós e que estava trabalhando como professora auxiliar. Já na segunda tentativa, eu preenchi que a minha principal ocupação era estudante, que eu estava cursando a faculdade e que iria trancar para fazer o Au Pair. Não gosto de aconselhar a não ser honesto, mas analise a sua situação do momento e pense como um cônsul pensaria se estivesse conferindo o seu DS, ele procura por vínculos que você tenha com o seu país, e trancar a sua faculdade para concluí-la depois do programa, é um grande vínculo. 

 Saiba como se portar durante a temida Entrevista
A entrevista é o grande momento da decisão da aprovação do seu visto e é natural ficarmos nervosos, mas tente ao máximo transparecer calma, porque como já diz o ditado, "quem não deve, não teme". Se vista como se estivesse indo para uma entrevista de emprego e leve, além da documentação necessária, documentos de auxílio como diplomas ou comprovante de matrícula/trancamento da faculdade, carteira de trabalho (sua e/ou dos seus pais), imposto de renda (seu e/ou das pessoas com quem você mora), escritura de imóveis, extratos bancários e documentos de bens materiais que tenha no seu nome ou dos seus pais (carro/moto), carta do seu empregador dizendo que irá te contratar novamente quando você retornar e até carta de apoio da agência e de apelo da sua host family. Estude bastante possíveis perguntas para estar bem preparado, já que as entrevistas do visto J1 costumam ser feitas em inglês. Eu relatei as minhas duas entrevistas no meu blog, a do visto negado e a do visto aprovado. Saiba que o visto J1 tem validade de 12 meses e por incrível que pareça, alguns cônsules não sabem que existe a possibilidade de extensão do Au Pair, então não se arrisque e não mencione que você está indo com a intenção de ficar 2 anos no programa, seja convincente de que você estará de volta no ano seguinte já com planos para a sua carreira profissional/pessoal. E muito importante, se o cônsul te der algum exemplo de o que você deve fazer em alguma situação de emergência enquanto estiver nos EUA, a sua resposta deve ser "I'll call 911"!

Pagar despachante é caro e um gasto que podemos poupar seguindo dicas de ex-Au Pairs como essas minhas desse post e são bem poucos os casos de vistos J1 negados, mas se acontecer com você, como aconteceu comigo, tente não se desesperar e jamais desista, aplique novamente e não se preocupe achando que terá que esperar meses para tentar de novo, eu tentei logo na semana seguinte (e no mesmo consulado!), ou seja, não perdi o meu match:) O importante é identificar o que você fez que levou o cônsul a ter tomado aquela decisão para fazer diferente na próxima tentativa porque se você não mudar nada, pode acontecer da decisão deles também não mudar...

Se você gostou da minha história e quer saber mais sobre mim, eu não estou em redes sociais, mas tenho um blog estilo diário onde venho registrando os detalhes da minha jornada nos EUA desde 2010, ou seja, a última década inteira da minha vida está lá nos arquivos! blogdagisella.com

Boa sorte e até o próximo post💗
♡ Fale comigo no Telegram: https://t.me/grupodagisella
Share:
Gisella

2 comentários:

  1. Alice Carvalho04 maio, 2021

    Meu maior pesado huahaha mas suas dicas valem ouro! Com certeza serão super úteis. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era o meu também, Alice:( mas no fim, deu tudo certo e vai dar tudo certo pra você também!!!:)

      Excluir