Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

17 maio 2021

COMO MINHA HOST MOM ME AJUDOU COM MEU PRIMEIRO EMPREGO

 Ola leitores e leitoras  lindas.

Depois de falar um pouquinho como foi ser au pair em Galway, hoje quero contar como foi ser au pair em Dublin e como o bom relacionamento com a host family me ajudou a conquistar meu primeiro emprego. (foto em um evento que trabalhei no meu primeiro emprego com registro no pais)

Quando eu ainda estava em Galway, comecei a procurar por famílias em Dublin, ja que meu objetivo em aprender o inglês estava cumprido e eu queria morar em uma cidade maior.

Encontrei uma família com um bebê de 7 meses e um menino de 4 anos no interior da Irlanda, fiz uma entrevista por skype e acertamos detalhes como salário e horas trabalhadas. O salário não era muito, mas como eu queria voltar para Dublin, aceitei!!

O schedule das crianças era o seguinte: de segunda a sexta, das 7 da manhã as 18hs. Sim, 11 horas por dia, 55 horas por semana e ainda tinha que fazer serviços domésticos. O menino mais velho ia para o jardim de infância entre as 9 da manhã e 1 da tarde. Eu acordava às 6:30 e às 7 os pais saiam para trabalhar, nesse horário o menino de 4 anos já estava acordado, então eu dava o café da manhã a ele e o deixava pronto para ir para a escola. Às 8 da manhã, eu acordava a bebê, dava uma mamadeira e às 8:40 saímos de casa em direção à escola, andando, já que a escola ficava 15min de casa. Voltava para casa com a bebê, brincava um pouco e as 10 da manhã ela dormia novamente.

A bebê dormia a cada 3 horas, duas horas... O que me deixava com um tempinho livre. Assim que a bebê dormia às 10 da manhã, eu organizava a cozinha, colocava as roupas para lavar e arrumava os quartos. Ao meio dia e meio, eu acordava a bebê e partiamos rumo à escola para buscar o menino mais velho. Ao chegar em casa, eu dava um lanche para as crianças e entao eles estavam livres para brincar. As atividades eram elaboradas pelos pais, entao cada dia eu fazia uma coisa diferente com as elas. Em torno de 3 vezes por semana, passeavamos em um parque próximo de casa, um ou dois dias o menino podia assistir televisão ou brincar na rua com os amiguinhos.

Fiquei apenas 2 quase 3 meses com essa família. Apesar dos dias serem cansativos, eu não tinha o que reclamar deles, sempe me tratavam como se fosse da família, sempre me davam presentes e sempre me levavam para passear.

Quand eles viajavam de ferias, eu sempre ficava na casa com meu namorado, sim, eles adoravam meu namorado e sempre que podia, o convidavam para dormir lá comigo, para eu não me sentir tao sozinha.

A mãe era diretora de eventos em um prédio da prefeitura, onde haviam um restaurante chquerrimo e a sala de conferência do prefeito. O pai era diretor em uma empresa de frutas e verduras, super famosa aqui em Dublin.

Por ter um bom relacionamento com eles, quando decidi que os deixariam, a mãe me ofereceu uma vaga de cleaner onde ela trabalhava. Esse foi meu primeiro emprego regstrada e oficial aqui na irlanda. Eu adorava trabalhar lá, limpava os escritórios, a sala de conferência e o restaurante e ainda por cima, conseguia ir todos os dias para o curso de inglês, ja que a empresa era na frente da minha escola. 😁

Fiquei 2 anos na empresa da host mom, o que me ajudou muito com o idioma e a me manter aqui. Ter um bom relacionamento com a família, pode te ajudar em muitas coisas, por isso eu sempre digo, tente ao máximo se dar bem com eles, porque coisas boas podem acontecerem com a ajuda deles.

Tenho contato com a família até hoje, e por sinal, a minha ex host mom, fez parte na minha trajetória em meu atual emprego. A empresa que estou hoje, uma super empresa e muito famosa, ligou para todas as experiencias que constavam em meu CV, e essa familia em questao, deu uma incrivel referencia sobre eu, alem de fazerem um GARDA VETTING, nosso famoso antecedentes criminais do Brasil para minha atual empresa.

Bom, essa foi minha experiência com minha segunda família aqui na Irlanda. O bom relacionamento que construi com eles, me abriu portas e sou muito grata à eles por toda ajuda que me dão e me deram na minha jornada aqui no país. 

E  A DICA DE HOJE EH: TENHA BONS RELACIONAMENTOS, GENTILEZA, GERA GENTILEZA!!

Vou ficando por aqui, espero que vcs tenham gostado dessa experiência relâmpago com essa família.

Espero ver vcs nos próximos posts...


XOXO

Fabi












Share:
Fabiana Andrade
Ex Au Pair em Galway e Dublin (Irlanda)

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email