Pessoas que largaram tudo para se aventurar nesse mundão de Au Pair!

30 junho 2021

Ser ou Não Au Pair Parte da Família?

Ser Parte da Família é coisa de Au Pair "Alice"?

Eu sou a Gisella e este é mais um post do dia 30 e o meu 7º post aqui do Blog das 30 Au Pairs! Se você ainda não conferiu os meus posts anteriores, os links estão lá no fim do post:)

Esse assunto de "fazer parte da família" virou polêmico no mundo Au Pairiano depois de tantas experiências negativas terem sido expostas na internet. Acontece que, até antes da pandemia, cerca de 20 mil Au Pairs chegavam por ano só aqui nos EUA e cerca de 3 mil dessas/desses reportaram que tiveram alguma experiência ruim, mas por outro lado, 17 mil Au Pairs tiveram experiências boas! (fonte: j1visa.state.gov)

E guess what? Na maioria das vezes, quando a(o) Au Pair diz ter tido uma boa experiência com o programa, ela(e) considera TER SIDO TRATADA(O) COMO MEMBRO DA FAMÍLIA!!!

Por isso, não já cheguem com medo de serem parte da família, achando que serão explorados... Porque muita gente acha que fazer parte da família é ter que trabalhar de graça, no seu tempo off - e não é!

Claro que existem as famílias folgadas, perigos, que podem querer aproveitar da sua boa vontade, por isso você tem sim que ficar atenta(o) aos seus limites. Jantar com eles todas as noites depois de já ter trabalhado 10h pode ser muito para você, principalmente se suas kids são pequenas e precisam de ajuda para comer (e fazem muita sujeira enquanto comem!), então combine apenas algumas noites. Ir à casa de familiares no fim de semana depois de ter trabalhado 45h também pode ser cansativo para você... Então saiba dizer "não".

Mas ser parte da família não significa ter que participar todo o tempo das coisas que a host family está fazendo, é tudo bem de você preferir ficar no seu quarto enquanto eles assistem um filme (mesmo que tenham te convidado para assistir com eles!). Ser parte da família é se sentir incluída(o), bem-vida(o), acolhida(o), amada(o)... É que aquele feeling do Skype continue com você durante o intercâmbio todo!

Se a família te vê e te trata como membro dela, ela vai querer te incluir para os aniversários deles, para as formaturas, para viagem de férias deles, para ir jantar fora com eles, para participar das comemorações de feriados com eles, ou seja, vão fazer com que você se sinta que não é só um(a) "empregada(o)" deles! E sendo assim, irão se importar com você, querer saber o que você gosta de comer para comprar pra você quando forem ao mercado, querer saber quais são os seus objetivos com o programa para saber se podem te ajudar de alguma forma, de repente completando o valor de um curso que custe mais do que os $500 da bolsa, ou de te dando uns dias a mais para que você faça aquela viagem do seu sonho... Quem sabe até te dando de aniversário ou natal aquele presente que você tanto queria?! Os host parents que te tratam como parte da família, não fazem nada querendo algo em troca, mas o Au Pair é um intercâmbio onde temos que ter muito "jogo de cintura", sabe aquele "uma mão lava a outra"? Pois é, se eles estão sempre te convidando, querendo te incluir, mas você está sempre negando participar... Bom, não deixar de fazer a sua parte também:)

Se você gostou da minha história e quer saber mais sobre mim, eu não estou em redes sociais, mas tenho um blog estilo diário onde venho registrando os detalhes da minha jornada nos EUA desde 2010, ou seja, a última década inteira da minha vida está lá nos arquivos! blogdagisella.com

Boa sorte e até o próximo post💗
♡ Fale comigo no Telegram: https://t.me/grupodagisella

Share:
Gisella

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email